Tribunal Regional do Trabalho publica resolução de retomada das atividades presenciais

Via ASCOM OAB/TO

Por Tatyane Cardoso

Publicada em: 15/10/2020 - 18h 05min
Atualizada em: 19/10/2020 - 14h 20min

Tatyane Cardoso
Tatyane Cardoso

O Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região definiu critérios gerais para a retomada gradual dos serviços presenciais no âmbito do Poder Judiciário, observando as ações necessárias à prevenção de contágio pela Covid-19.

A retomada das atividades será feita conforme a Resolução Administrativa n.º 34/2020-(2101) e a Resolução Administrativa Nº 38/2020 - (2105).

O presidente da Comissão de Direito do Trabalho, Sérgio Skeff Cunha, fala da importância dessa retomada para a advocacia.

“Em que pese o excelente trabalho realizado pelas equipes dos CEJUSC do Tocantins, o início das fases de retorno das atividades presenciais na Justiça do Trabalho da 10 ª Região é algo a ser comemorado pela advocacia trabalhista tocantinense”, destacou.

A volta presencial ocorrerá em várias etapas. Em todas elas o Tribunal tomará as providências necessárias para que o retorno seja seguro. A OAB/TO estará atenta a essa retomada, realizando a análise das condições de retorno com o objetivo de garantir o exercício profissional e o interesse dos jurisdicionados.

“Com o início das fases de retorno das atividades presenciais na Justiça do Trabalho da 10ª Região, a OAB/TO inicia agora uma segunda fase que é a de analisar as condições anunciadas do retorno das atividades nos fóruns trabalhista do Tocantins, com foco não apenas na segurança da advocacia e dos jurisdicionados, mas também com foco no atendimento e respeito aos direitos e prerrogativas da advocacia”, concluiu o presidente da OAB/TO, Gedeon Pitaluga.